Alugar Carro Lisboa - Prior Velho

Encontre em alugarcarrobaratolisboa.pt os carros de aluguer mais barato em Lisboa - Prior Velho. Compare instantaneamente dezenas de ofertas em aluguer de carros baratos em Lisboa - Prior Velho nas categorias Mini, Compacto e Familiar.

RESERVA SEGURA

CANCELAMENTO GRÁTIS

SEM TAXA DE CARTÃO

Aluguer de carros baratos em Lisboa - Prior Velho

Carros baratos de rent-a-car para alugar em Lisboa - Prior Velho, Oferecemos os preços mais baixos no aluguer de carros em Lisboa - Prior Velho!


A história do Prior velho está ligada a Sacavém, freguesia a que pertenceu até ao final dos anos 80 do século passado. 

Mediante o aparecimento de alguns vestígios arqueológicos que remontam a épocas distantes, podemos dizer que o povoamento do prior Velho começou durante a época Árabe. O topónimo, Prior Velho, poderá estar relacionado com os inícios da Nacionalidade.

No ano de 1584 em Sacavém (Prior Velho), entre várias propriedades, existia uma que recolhia um Pároco de provecta idade de nome Francisco da Costa. À volta da Quinta, foi lentamente crescendo o aglomerado populacional que se passou a chamar “Prior Velho”, aparecendo esta localidade já assim referida em escritos de 1876.

Para além da “Quinta do Prior Velho”, predominavam em toda a área do que é hoje a Freguesia do “Prior Velho”, outras quintas, algumas ainda existentes com construções seculares como por exemplo a Quinta da Francelha, cujo palacete e jardim foram considerados Património Nacional. Das árvores dessas quintas destacavam-se as Oliveiras, ainda hoje visíveis e também ligadas à história religiosa.

Olival do Santíssimo (parcela de área considerável da Freguesia) assim designado ainda por muitos e em registos de propriedades. Designação que terá ficado por dessas Oliveiras e da azeitona ser extraído o azeite para alumiar o Santíssimo Sacramento do Mosteiro de Sacavém.

Nas primeiras décadas deste século, e seguintes a migração de pessoas do interior do país, nomeadamente Alentejo e Beiras, para junto da capital à procura de emprego nas fábricas das proximidades, leva ao aumento da população e das construções dos pátios, vilas etc. nesta localidade. Iniciam-se também, ao que nos consta, as construções de edifícios no Figo Maduro onde se instalaram empresas do ramo da metalurgia, construção civil, armazéns, etc.

O desenvolvimento que se verificou ao longo de todo o século XX levou à criação da freguesia, em 30 de junho de 1989, por desmembramento de Sacavém, através da lei n.º 69/89, de 25 de Agosto.

Foi elevada a vila em 12 de junho de 2009, através da lei n.º 40/2009, de 3 de Agosto.

*Fonte Wikipédia